IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Volkswagen desiste de suspender produção em Taubaté após anúncio do carro popular

São Paulo, 31

31/05/2023 20h15

A Volkswagen desistiu de suspender parte da produção da fábrica de Taubaté, no interior paulista, diante do plano do governo, anunciado na quinta-feira passada, de desoneração de impostos federais dos automóveis. Em razão das vendas fracas, a montadora afastaria cerca de 800 trabalhadores, suspendendo um dos dois turnos de produção a partir de julho pelo período de dois a cinco meses.

Dada a expectativa de reação do mercado a partir dos descontos de 1,5% a 10,96% previstos no preço dos carros de até R$ 120 mil, a Volkswagen comunicou hoje ao sindicato local que não pretende mais adotar neste ano em Taubaté o layoff - isto é, a suspensão de contratos de trabalhadores. Procurada pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, a montadora confirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que o layoff foi cancelado.

Em Taubaté, a Volks produz o Polo Track, sucessor do Gol, e emprega cerca de 3 mil pessoas. O modelo está entre os 33 que serão beneficiados pelo programa do governo, cujos detalhes são aguardados ainda para esta semana. Os descontos vão variar, a depender de critérios de eficiência energética, conteúdo local e preços - quanto menor o valor do veículo, maior o desconto.

"Isso atinge diretamente a nós trabalhadores e o produto que temos aqui na fábrica de Taubaté. Foi uma discussão do movimento sindical juntamente com o governo federal e as montadoras. Agora, já começamos a ver os resultados", comemorou o presidente do sindicato dos metalúrgicos de Taubaté, Claudio Batista.