IPCA
0,26 Set.2023
Topo

Cosan: CEO vê reforma tributária e arcabouço como oportunidades para indústria

São Paulo

05/07/2023 16h28

O CEO da Cosan, Luis Henrique Guimarães, considera que o avanço da reforma tributária e do arcabouço fiscal são oportunidades para o desenvolvimento do setor produtivo no Brasil no curto prazo. No podcast "Expert Talks CEOs", exibido pela XP, o executivo afirmou que as duas medidas associadas à perspectiva de queda da taxa de juros tendem a promover um cenário mais favorável para as indústrias do País. "Estamos em um momento importante e o mundo está tendo um olhar positivo para o Brasil", disse.

Segundo Guimarães, o Brasil fez o "dever de casa na inflação" e, por isso, há perspectiva de redução das taxas de juros nos próximos meses. Ele também citou a previsão de recuperação econômica de outras companhias globais. "Com a queda de juros e o mundo lá fora estando um pouco melhor (economicamente), vamos ter um momento importante, que as empresas, as pessoas e a sociedade têm que aprender a capitalizar", acrescentou Guimarães.

O executivo elogiou o trabalho do relator da reforma tributária, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), e afirmou que há "vontade grande" do governo de aprovar a medida. O CEO da Cosan ainda ressaltou a simplificação do sistema de tributação promovida pelo texto que prevê, entre outros pontos, a substituição de cinco alíquotas diferentes para criação de um Imposto sobre Valor Agregado (IVA). "A 'esquizofrenia tributária' que tem no País consome um tempo enorme das empresas e abre espaço para sonegação e disputas jurídicas", disse ele no podcast. A proposta de reforma tributária poderá ser votada ainda nesta semana na Câmara dos Deputados.