BC do Canadá eleva juro básico a 5%, com persistência da inflação

O Banco Central do Canadá (BoC, pela sigla em inglês) elevou sua principal taxa de juros em 25 pontos-base nesta quarta-feira, a 5%, citando a persistência de pressões inflacionárias. A decisão do BoC veio em linha com a expectativa da maioria dos economistas consultados pelo The Wall Street Journal.

Em comunicado, o BoC comentou que a inflação anual canadense desacelerou para 3,4% em maio, após atingir o pico de 8,1% durante o verão local, mas ressaltou que o núcleo da inflação tem sido mais persistente do que o esperado.

O BoC prevê que a inflação do Canadá deverá ficar em torno de 3% nos próximos 12 meses, antes de desacelerar gradualmente para sua meta oficial de 2%, em meados de 2025. Anteriormente, a expectativa do BoC era que de que a inflação diminuísse à meta de 2% no fim de 2024.