Após renúncia de presidente da Eletrobras, ministro reafirma crítica à condução de Conselho

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou nesta terça-feira, 15, que a forma como se deu a renúncia do presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Jr., faz com que ele reafirme as críticas à condução da empresa pelo Conselho de Administração da companhia.

Ele disse ainda que soube da renúncia, anunciada na noite de segunda-feira, 14, pela empresa, por meio do fato relevante emitido pela companhia e também por meio da imprensa.

O ex-senador reafirmou que a "mudança abrupta" na condução da Eletrobras mostra que a privatização da empresa tirou possibilidade de sistema elétrico harmônico.

Deixe seu comentário

Só para assinantes