Atividades turísticas crescem 0,7% em julho ante junho, diz IBGE

O agregado especial de Atividades turísticas cresceu 0,7% em julho ante junho, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O segmento opera 6,2% acima do patamar de fevereiro de 2020, no pré-pandemia, e 1,4% abaixo do ponto mais alto da série, alcançado em fevereiro de 2014.

Na comparação com julho de 2022, o volume de atividades turísticas no Brasil cresceu 7,8% em julho de 2023, 28ª taxa positiva seguida.

Houve influência do aumento na receita de empresas de transporte aéreo de passageiros, locação de automóveis, restaurantes, serviços de bufê, transporte rodoviário coletivo de passageiros, hotéis e agências de viagens.

Unidades da Federação

Apenas seis das 12 Unidades da Federação investigadas mostraram avanços em julho deste ano ante julho do ano passado, com destaque para São Paulo (9,4%), seguido por Rio de Janeiro (14,0%), Minas Gerais (16,1%) e Bahia (21,5%). Os principais impactos negativos partiram do Ceará (-5,1%) e Distrito Federal (-3,0%).