Conteúdo publicado há 10 meses

Governo conclui cadastro de credores voluntários do programa Desenrola Brasil

O prazo para inscrição de credores interessados em participar do Desenrola Brasil, programa de renegociação de dívidas do governo federal, terminou na terça-feira, 12. O Ministério da Fazenda informou que o processo foi concluído com a inscrição de 924 credores voluntários, o que representa 86% das dívidas de até R$ 5 mil negativadas dos brasileiros, disponibilizadas pelos bureaus de crédito.

Essas dívidas serão renegociadas na nova fase do Desenrola, que tem como foco pessoas que ganham até dois salários mínimos ou que estão inscritos no Cadastro Único, com garantia do Tesouro Nacional.

Nessa etapa, o rol de credores é mais amplo, incluindo varejistas e companhias de serviços públicos, além dos bancos que já estão participando da fase 2. As operações desta fase serão garantidas com o montante de R$ 8 bilhões do Fundo Garantidor de Operações (FGO).

Segundo o governo, o leilão de descontos deve ocorrer no final da próxima semana. As dívidas serão organizadas em lotes, como de cartão de crédito, varejo, eletricidade, saneamento, e as propostas de renegociação com maiores descontos serão selecionadas para o programa, com acesso ao refinanciamento pelos bancos com garantia do FGO. Outros detalhes sobre o leilão devem ser divulgadas em breve.

O Ministério da Fazenda trabalha com a expectativa de que a renegociação pelo público-alvo comece ainda em setembro. Todas as fases do Desenrola se encerram no dia 31 de dezembro.

Deixe seu comentário

Só para assinantes