Fitch reitera rating 'AAA' da Alemanha, com perspectiva estável, apesar de economia mais fraca

A Fitch reiterou hoje o rating de emissor de longo prazo em moeda estrangeira da Alemanha em "AAA", com perspectiva estável. A avaliação reflete o caráter diversificado e de alto valor da maior economia da Europa, que representa o principal emissor soberano da zona do euro e mantém elevado superávit em conta corrente recorde, segundo comunicado.

Apesar disso, a agência revisou negativamente a previsão para o desempenho da atividade alemã este ano, de um crescimento de 0,1% para uma contração de 0,4%. A instituição explica que o cenário global incerto e a desaceleração chinesa implicam em impacto considerável no país, enquanto a inflação persistente prejudica o consumo.

Para 2024, a Fitch espera uma expansão de 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB) alemão, com nova alta de 2% em 2025. Conforme a análise, a economia ainda recebe apoio particular do mercado de trabalho resiliente, embora a taxa de desemprego deva subir ligeiramente ao longo dos próximos dois anos.

A agência acrescenta que a Alemanha provavelmente terá um desempenho fiscal melhor em 2023, com queda do déficit geral a 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB), diante do compromisso de autoridades com a sustentabilidade das contas públicas. Por outro lado, o a média de crescimento econômico dos últimos anos tem sido bem menor que a de pares "Triplo A".