Brasil tem oportunidade única de mostrar que é aberto a negócios verdes, afirma Haddad

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta segunda-feira, 18, que o Brasil tem uma oportunidade única de mostrar que é aberto a negócios verdes. Segundo ele, o País voltou firme com os compromissos ambientais e busca "resultados ambiciosos".

"Não existe divórcio entre sustentabilidade e desenvolvimento. Isso é coisa do passado. Futuro é do desenvolvimento sustentável", disse Haddad, em evento da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na Bolsa de Nova York (Nyse).

Ele ressaltou ainda a necessidade de o Brasil aproveitar uma janela que está aberta agora para negócios verdes. Em cinco anos, alertou, ela pode se fechar.

"Nós temos que abrir a nossa economia para o green Business, tornar o Brasil um ponto de chegada, um investimento que vise à sustentabilidade econômica, à sustentabilidade social, à sustentabilidade das contas públicas", disse Haddad.

O ministro também defendeu maior interação e parcerias entre empresas públicas e privadas. Citou, por exemplo, recente anúncio da Petrobras e da Weg. "A Petrobras está com os olhos voltados para o futuro", disse.

Deixe seu comentário

Só para assinantes