Empresas espanholas devem ganhar mais espaço no mercado com recessão da Alemanha, diz ministra

A ministra da Economia da Espanha, Nadia Calviño, disse que as empresas do país devem se beneficiar e ganhar mais espaço no mercado europeu com a recessão da Alemanha, em entrevista à Reuters nesta segunda-feira e após publicação do relatório mensal do Bundesbank, o BC alemão.

Pouco depois, em entrevista à rede de televisão La Sexta, Nadia Calviño comentou que o país terá um nível de crescimento superior ao de outros grandes países da zona do euro - como Alemanha, França ou Itália - até o final de 2023, caso as projeções se confirmem.

Nesta segunda-feira, o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) da Espanha também revisou para cima o crescimento anual do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2021 e 2022.

Contudo, a ministra da Economia alertou para possíveis impactos negativos no crescimento espanhol, como o abrandamento geral da atividade na zona do euro, desaceleração da China e aumentos nas taxas de juros pelo Banco Central Europeu (BCE).