Tingas: Comunicado do Copom indica que ciclo total do corte da Selic ainda é imprevisível

Dentre às várias mensagens que o comunicado do Copom se propôs a passar após ter cortado em mais 0,50 ponto porcentual a taxa Selic nesta quarta-feira, 20, está a de que o ciclo total do corte da taxa ainda é imprevisível. A avaliação é do economista-chefe da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), Nicola Tingas. Mas, de acordo com ele, fica mantido o orçamento de cortes de 0,50 ponto porcentual nas próximas reuniões.

De acordo com Tingas, esse ritmo de cortes se mostra mais adequado ao conjunto de indicadores e parâmetros prevalecentes neste momento.

Outro recado que, segundo o economista, o comunicado passa é o de que o balanço de riscos se mostra equilibrado de ambos os lados, sem deixar de mencionar a importância das metas fiscais na formação nas expectativas de inflação do mercado. Admite a "reancoragem parcial" das expectativas, mas reforça a necessidade de haver serenidade e moderação na condução da política monetária.

"Em síntese, podemos atribuir à decisão e ao comunicado do Copom o objetivo de perseverar na busca das metas de inflação, com gradual redução da taxa nominal Selic", disse Tingas.

As mais lidas agora