Corte nos impostos é praticamente impossível a despeito de pausa do BoE, diz ministro britânico

Ministro de Finanças britânico, Jeremy Hunt descartou a possibilidade de o Reino Unido cortar impostos, mesmo após o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) manter taxas inalteradas na decisão de hoje.

"Se você olhar para o que estamos tendo que pagar pela nossa dívida de longo prazo, é mais alto agora do que no orçamento da primavera (local)", falou Hunt em entrevista à LBC. "Isso torna praticamente impossível a redução de impostos".