Haddad volta a Brasília após reunião com delegação dos EUA para tratar da agenda verde

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, deixou há pouco o gabinete da pasta em São Paulo para retornar a Brasília. O voo em direção à capital federal decola de São Paulo às 17h30.

Ele esteve reunido nesta tarde com a delegação de oficiais de alto escalão enviada ao Brasil pelo governo dos Estados Unidos, após o encontro na última quarta-feira dos presidentes dos dois países.

A missão, liderada pelo embaixador David Thorne, assessor especial do enviado especial do clima John Kerry, tem reuniões marcadas até quinta-feira com autoridades federais e estaduais, além de empresários, em São Paulo e no Rio de Janeiro. O objetivo é discutir as possibilidades de cooperação na agenda comum de descarbonização, combate às mudanças climáticas e economia sustentável.

Representantes de multinacionais americanas, como Pfizer, Pepsi, Amazon e Boeing, também participaram da reunião com Haddad na avenida Paulista. Pelo lado brasileiro, Haddad esteve acompanhado pelo assessor especial Rafael Dubeux, que participou da elaboração do Plano de Transformação Ecológica, como é chamada oficialmente a agenda de transição climática. Ele será promovido a secretário-executivo adjunto da Fazenda.

Antes, o ministro participou de manhã do fórum de economia da Fundação Getulio Vargas (FGV).