Debates do Copom são eminentemente técnicos, afirma Galípolo

Questionado sobre as pressões políticas sofridas pelo Comitê de Política Monetária (Copom) nas decisões sobre juros, o diretor de Política Monetária do Banco Central, Gabriel Galípolo, disse nesta terça-feira, 26, que os debates entre os diretores que compõem o colegiado são eminentemente técnicos.

Durante participação na conferência do J. Safra, ele frisou que o Copom tem sido corajoso nos comunicados e atas de suas reuniões ao explicitar com transparência os argumentos que baseiam os movimentos da política monetária.

Por outro lado, Galípolo considerou "saudável" o debate "republicano e democrático" fora do BC sobre qualquer dimensão da economia, incluindo a taxa de juros.