BC incorpora antecipação de recebíveis em estatísticas de crédito

O Banco Central informou nesta quarta-feira, 27, que incorporou as operações de antecipação de recebíveis nas estatísticas de crédito devido à utilização crescente desse modelo em que credenciadores figuram como tomadoras de crédito.

Segundo o BC, o acompanhamento do mercado de crédito e das transações realizadas no âmbito dos arranjos de pagamento evidenciou o rápido crescimento de operações em que credenciadoras e instituições afins buscam a antecipação de recebíveis junto a instituições financeiras. "A utilização crescente desse modelo de negócios, no qual as credenciadoras figuram como tomadoras de crédito, motivou a incorporação dessas transações nas estatísticas de operações concedidas pelo Sistema Financeiro Nacional."

A antecipação de recebíveis é um tema que está sendo bastante discutido no âmbito do debate sobre o rotativo do cartão de crédito e do parcelado sem juros.

Os bancos apontam que as credenciadoras, especialmente as maquininhas de cartão independentes, não têm interesse em revisar o parcelamento de compras sem taxas porque lucram muito com a cobrança de taxas de lojistas nas operações de antecipação de recebíveis, que é quando o varejista recebe antecipadamente os valores das compras parceladas.

O BC informou que as operações foram incorporadas na modalidade "antecipação de faturas de cartão", cujas informações foram revisadas desde setembro de 2020.

Conforme os dados de agosto de 2023, divulgados nesta quarta-feira, o saldo de antecipação de faturas de cartão é de R$ 88,317 bilhões. As concessões caíram 4,0% em agosto ante julho.

Deixe seu comentário

Só para assinantes