Com forte revisão para baixo, institutos agora preveem queda de 0,6% do PIB da Alemanha em 2023

O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha vai regredir 0,6% em 2023, diz uma pesquisa realizada por cinco institutos econômicos, incluindo o Ifo. A previsão é bem mais baixa do que a última realizada pelos institutos, que era de crescimento de 0,3% neste ano.

Para o ano que vem, os institutos também apostam em uma desaceleração e a Alemanha deve crescer 1,3%, ante 1,5% na última previsão. Para 2025, a expectativa é de crescimento de 1,5%.

Segundo os institutos, a economia do país foi afetada pela indústria e consumo em recuperação muito mais lenta do que o esperado.

A fraqueza econômica deve continuar afetando o mercado de trabalho neste ano, com aumento do desemprego, mas em 2024 esse número tende a ser recuperado, afirma a pesquisa.

A taxa de inflação do país deverá terminar 2023 em 6,1% ao ano, e diminuir para 2,6% em 2024. Os institutos apostam no núcleo da inflação também em 6,1% ao ano até o fim de 2023, com desaceleração a 3,1% em 2024.

As previsões econômicas foram elaboradas pelo Instituto Ifo, pelo Instituto Halley de Pesquisas Econômicas, pelo Instituto Kiel para a Economia Mundial, pelo RWI - Instituto Leibniz de Pesquisa Econômica e pelo Instituto Austríaco de Pesquisas Econômicas.