Embraer assina MoU com centro SIAEP, autorizado na Ásia-Pacífico, para serviços de E-Jets E2

A Embraer assinou um memorando de entendimento não vinculante (MoU) com o SIAEP, centro de serviços autorizados na Ásia-Pacífico e subsidiário da SIA Engineering Company Limited (SIAEC), a fim de explorar novas parcerias para incluir manutenção, reparo e revisão de serviços para a família de aeronaves E-Jets E2 da companhia.

Antes do MoU, o SIAEP já tinha autorização para atuar na região da Ásia-Pacífico com a primeira geração de E-Jets da Embraer desde 2017.

"Gostaríamos de reconhecer a SIAEP pelos anos de dedicação e apoio prestados aos operadores de E-Jets da Embraer na região", disse Frank Stevens, vice-presidente dos centros Globais de MRO da Embraer. "Este memorando de entendimento estabelece uma boa base para discutirmos o apoio adicional à crescente frota de E-Jets E2 na região, além da presença estabelecida dos E-Jets na APAC."

A Embraer tem uma presença global de operadoras de E-Jets - mais de 80 companhias aéreas em 50 países, totalizando mais de 1.700 entregas das famílias de aeronaves E-Jets e E-Jets E2.

Na Ásia-Pacífico este ano, a Scoot e a SKS Airways (Malásia) anunciaram a seleção das aeronaves E190-E2 e E195-E2 para complementar sua frota existente.