Conteúdo publicado há 9 meses

Gripe aviária: Rondônia decreta estado de emergência zoosanitária, mesmo sem casos da doença

O governo de Rondônia decretou, a partir de 21 de setembro, estado de emergência zoosanitária, em razão da detecção de casos de influenza aviária de alta patogenicidade em vários Estados do Brasil.

O decreto estadual suspende, por 90 dias, a exposição e eventos que envolvam a aglomeração de aves, medidas que visam prevenir a propagação da gripe aviária (H5N1) no Estado.

Até o momento, não foram confirmados casos em Rondônia.