QAV acumula queda de 12,6% no ano após aumento de 5,3% em outubro, informa Petrobras

Com a alta de 5,3% do querosene de aviação (QAV) desde de 1º de outubro, o valor do litro do combustível será acrescido de R$ 0,22, informou nesta terça-feira, 3, a Petrobras. Em 2023, o QAV acumula queda de 12,6%, o que corresponde a uma redução média de R$ 0,64/litro em relação ao preço de dezembro de 2022, ainda segundo a estatal.

A Petrobras comercializa o QAV produzido em suas refinarias ou importado apenas para as distribuidoras, que por sua vez transportam e comercializam os produtos para as empresas de transporte aéreo e outros consumidores finais nos aeroportos, ou para os revendedores.

Distribuidoras e revendedores são os responsáveis pelas instalações nos aeroportos e pelos serviços de abastecimento.

"Importante ressaltar que o mercado brasileiro é aberto à livre concorrência, e não existem restrições legais, regulatórias ou logísticas para que outras empresas atuem como produtores ou importadores de QAV", disse a companhia em nota.

Deixe seu comentário

Só para assinantes