Governo tenta acordo e aguarda resposta da oposição para votação sobre créditos extraordinários

O senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), líder do governo no Congresso, disse nesta quarta-feira, 4, que o governo aguarda uma resposta da oposição em torno de um acordo para a votação de vetos presidenciais e de projetos de abertura de créditos extraordinários.

Randolfe se disse "otimista" e afirmou que os senadores Carlos Portinho (PL-RJ) e Flávio Bolsonaro (PL-RJ) se reuniriam com parlamentares da oposição para discutir a proposta.

"O líder Flávio Bolsonaro e Carlos Portinho saíram para reunir [com os parlamentares]. Estou otimista. Estamos aguardando a resposta da oposição", disse Randolfe, após reunião com líderes do Congresso. "Acho que fizemos um acordo que é bom para o governo e para oposição. Acertamos as votações dos PLNs e dois vetos reivindicados pela oposição, o do marco das ferrovias e o dos exames toxicológicos", completou.

A sessão estava marcada para as 12 horas, mas, diante da falta de acordo, será realizada mais tarde, a depender da resposta da oposição à sugestão do governo.