Conteúdo publicado há 9 meses

Haddad diz que não há prazo para decreto sobre meta contínua da inflação

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta sexta-feira, 20, que não há previsão para publicar o decreto que regulamenta a meta de inflação contínua de 3%.

Este ano, o Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu que será adotada uma meta contínua para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) a partir de 2025, em vez da meta de ano-calendário, vigente desde o início do sistema de metas.

"Até aqui, não há previsão de publicar o decreto. Consultas estão sendo feitas pela SPE Secretaria de Política Econômica da Fazenda. Mas nós temos tempo, e provavelmente até o final do ano nós vamos ter notícias", disse Haddad, durante entrevista coletiva na sede do Ministério da Fazenda em São Paulo.