Capal fecha 2023 com faturamento de R$ 3,9 bilhões e prevê R$ 7 bilhões em 2028

A Capal Cooperativa Agroindustrial, de Arapoti (PR), fechou 2023 com faturamento de R$ 3,9 bilhões. Em encontro nesta semana para apresentação dos resultados, a cooperativa disse que a meta para 2028 é alcançar faturamento de R$ 7 bilhões.

Apesar dos preços menos remuneradores das commodities agrícolas, o presidente-executivo da cooperativa, Adilson Roberto Fuga, vê boas oportunidades à frente. "Houve momentos em que a agricultura e a pecuária passaram por dificuldades e a Capal não interrompeu os investimentos", disse na nota. "Quando o ambiente melhorou, a cooperativa estava preparada para continuar crescendo. Então, não podemos estagnar os negócios, precisamos desenhar o futuro, porque sabemos que vão existir adversidades, mas é temporário."

Em 2023 a Capal seguiu o planejamento de expansão com investimentos de R$ 138,8 milhões em 14 unidades de negócio, inclusive nos projetos de construção de duas filiais, em Avaré (SP) e Santo Antônio da Platina (PR). Atualmente, está construindo um armazém de sementes e classificação de grãos em Arapoti, ampliando seis silos com capacidade de 2.400 toneladas e um armazém de insumos em Taquarivaí (SP), além de obras para oito novos silos de armazenagem em Wenceslau Braz (PR), construção de armazém de sementes em Taquarituba (SP) com capacidade total de 116 mil sacas.