China abre investigação sobre apurações da UE que miram produtos chineses

A China iniciou uma investigação nesta quarta-feira (10) sobre apurações comerciais da União Europeia (UE) contra uma série de produtos chineses, dias após o bloco confirmar planos de impor tarifas adicionais a carros elétricos de fabricação chinesa.

A pedido de um grupo industrial com apoio estatal que representa exportadores de máquinas e eletrônicos, o Ministério de Comércio da China disse que irá investigar iniciativas antisubsídio da UE que tenham como alvo trens, painéis solares, turbinas eólicas e equipamentos de segurança de origem chinesa.

A investigação deverá ser concluída antes de 10 de janeiro, mas poderá ser estendida por três meses, informou o ministério.

Na semana passada, a Comissão Europeia, braço executivo da UE, confirmou que iria adiante com planos de tarifar veículos elétricos chineses, com a alegação de que Pequim concede subsídios injustos a montadoras chinesas para prejudicar a concorrência externa. Fonte: Dow Jones Newswires.

Deixe seu comentário

Só para assinantes