Leite, batata, gasolina, água e esgoto e perfume pressionam IPCA, diz IBGE

A alta de 7,43% no leite longa vida exerceu a maior pressão sobre a inflação de junho, uma contribuição de 0,06 ponto porcentual para a taxa de 0,21% registrada no mês pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, 10.

Figuraram ainda no ranking de maiores pressões sobre o IPCA de junho a batata-inglesa (0,05 ponto porcentual), gasolina (0,03 p.p.), taxa de água e esgoto (0,02 p.p.) e perfume (0,02 p.p.).

Na direção oposta, o principal alívio partiu da passagem aérea, com queda de preços de 9,88% e influência de -0,06 p.p. Houve contribuição negativa também do mamão (-0,03 p.p.) e da cebola (-0,02 p.p.).