PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

É hora de comprar opções de Petrobras, diz analista após pedido de prisão de Lula

10/03/2016 17h43

SÃO PAULO - O rali do Ibovespa nos minutos finais de pregão acordou o mercado que andava em 'ponto morto' nesta quinta-feira. Com o pedido de prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o índice voltou a se aproximar dos 50.000 pontos, acompanhado pelas ações da Petrobras e bancos, que dispararam até 5%. 

Em meio à arrancado do mercado, o analista gráfico Fernando Góes, da Clear Corretora, diz que, para os investidores que querem se expor ao rali da Lava Jato, a melhor maneira seria se posicionar por meio de compra de opções de compra da Petrobras (PETR3; PETR4), que são as ações que têm mais espaço para subir neste momento. 

Vendo potencial na ação, o analista recomendou a compra  à seco das opções PETRC2 e PETRC4, que têm preços de exercício em R$ 8,50 e R$ 9,00, respectivamente. Com a alta de mais de 4% das ações ordinárias, as opções subiram 60% e 92,86% nesta sessão.

Para ele, a estatal entregaria agora o maior potencial de ganho em uma possível continuação do rali da Lava Jato, sendo a blue chip menos esticada neste momento. Além de ser um papel intimamente ligado ao call político, ele ainda mostra espaço para subir frente a outras ações, como as dos bancos. A justificativa dele é que os 50.000 pontos atingidos pelo Ibovespa representa seu maior patamar desde outubro do ano passado, enquanto  para Petrobras atingir a mesma região de outubro de 2015 ela ainda precisaria subir até os R$ 9,00 - justamente o 'strike' da opção PETRC4, que ele recomendou a compra hoje.