PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Deutsche Bank corta preço-alvo de ação e recomenda venda

31/03/2016 10h31

SÃO PAULO – A equipe de análise do Deutsche Bank divulgou relatório em que rebaixa sua recomendação para os papéis da Lojas Americanas (LAME4) de manutenção para venda. Além disso, ela ainda cortou o preço-alvo do papel de R$ 16,70 para R$ 15,00, chegando a uma potencial desvalorização de 28,67% em relação ao fechamento do dia 30 de março de 2016.

Os analistas comentam que o cenário de e-commerce no Brasil é de competição muito forte, o que pode prejudicar a empresa, além disso, o risco do país também se elevou. Esses fatores foram os principais motivos para o corte de estimativas da instituição financeira alemã.

Além disso, a equipe de análise também comenta que as ações estão sendo negociadas a um valuation extremamente alto nesse momento. “Desde o começo de 2015, os investidores têm visto a Lojas Americanas como uma das poucas alternativas para apostar no setor de varejo brasileiro, por conta de seu modelo de negócios resiliente. O perfil vem sustentando o preço da ação a um valuation alto, mesmo após resultados decepcionantes em 2015”, escreve o Deutsche.

A instituição financeira ainda cortou em 50% sua estimativa de EPS (Lucros por Ação, na sigla em inglês) para os papéis da empresa de R$ 0,53 para R$ 0,26 e também sua estimativa de receita para o papel em 17,3%.