Bolsas

Câmbio

BTG recomenda ação e vê alta de 60% em um ano mesmo após empresa perder R$ 250 milhões

SÃO PAULO – A equipe de análise do BTG Pactual elaborou relatório em que recomenda compra para os papéis da Minerva (BEEF3). Os analistas ainda estimam um preço-alvo para a ação para os próximos doze meses de R$16,00, o que totaliza um potencial de valorização de 59,2% em relação ao fechamento do dia 5 de maio de 2016.

Mesmo assim, a instituição financeira afirma que está abaixando suas estimativas para a companhia por conta da expectativa de um real mais forte frente ao dólar. Os analistas se encontraram com a direção da empresa e que entre outras coisas, discutiram os resultados negativos de hedge da companhia referentes ao primeiro trimestre desse ano.

Com isso, eles conseguiram confirmar sua visão de que a Minerva segue consistente em sua política de risco, desenhada para proteger margens e seu balanço de volatilidades no câmbio e no preço do gado, e que isso requer aprovação de seu conselho.

Ultimamente, a política cambial da empresa prevê proteger as margens operacionais, enquanto a empresa cobre vendas por exportações ao construir exposições curtas em dólar e também proteger o balanço da companhia. Isso explica boa parte da perda financeira de R$ 247 milhões registrada no primeiro trimestre de 2016, escreve o BTG.

Os analistas ainda discutiram com a direção da companhia o impacto de um real mais forte e a direção concorda com a instituição financeira de que ele será negativo. A equipe de análise espera uma queda de 10% no EBITDA (Lucro antes de Juros, Impostos, Depreciações e Amortizações, na sigla em inglês) em 2016, chegando a R$ 1,13 bilhão, com margem de 10,7%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos