Bolsas

Câmbio

Com resultados positivos, BTG recomenda compra para 7 ações; veja quais

SÃO PAULO – A temporada de resultados corporativos referentes ao primeiro trimestre de 2016 já se iniciou há algum tempo, mas, na última quinta-feira (12), a equipe de análise do BTG Pactual comentou vários deles e divulgou sete relatórios em que recomenda compra para papéis da bolsa brasileira.

A primeira das recomendações é a Ecorodovias (ECOR3). Sobre a companhia, os analistas apontam que os resultados foram fortes, com receita líquida de R$ 672 milhões e EBITDA (Lucro antes de Juros, Impostos, Depreciações e Amortizações, na sigla em inglês) pro-forma ajustado de R$ 403 milhões, resultados cerca de 10% acima do que eles estimavam.

Outra indicação de compra é a construtora Eztec (EZTC3). O preço-alvo estimado pela instituição financeira para o papel para os próximos doze meses é de R$ 22,00, o que totaliza um potencial de valorização de 31,34% em relação ao fechamento do dia 12 de maio de 2016. A geração de FCF (Fluxo de Caixa Livre, na sigla em inglês) da empresa ficou em R$ 70 milhões e é visto como um bom indicador pelos analistas.

A seguir, aparece a JBS (JBSS3). Sobre a companhia, o BTG comenta que a sua maior acionista estar passando por uma reestruturação ofusca os resultados mais fracos da companhia no primeiro trimestre do ano. O preço-alvo dos analistas para o papel é de R$ 16,00 – alta potencial de 51,8%.

A Kroton (KROT3) também é recomendada pelos analistas. "Eles fizeram de novo; qualidade de receitas foi uma bela surpresa", assim é intitulado o relatório em tom elogioso da equipe de análise sobre a companhia educacional. Entre os destaques positivos estão a alta de 2,5% no EPS (Receitas por Ação, na sigla em inglês) do papel.

A próxima indicação de compra do BTG Pactual é a Marfrig (MRFG3). Eles foram considerados "consistentes novamente", mesmo que o EBITDA (Lucro antes de Juros, Impostos, Depreciações e Amortizações, na sigla em inglês) tenha vindo abaixo do que era esperado pela equipe de análise.

A seguir, aparece a Par Corretora (PARC3) também recomendada. As receitas líquidas da empresa registradas no trimestre foram de R$ 34 milhões, o que totaliza uma alta de 10% em relação ao mesmo período do ano anterior. Mesmo assim, o crescimento das receitas no curto-prazo segue sendo um desafio para a empresa.

Por fim, outra empresa recomendada pelo BTG Pactual é a Qualicorp (QUAL3), que, de acordo com a instituição financeira, tem mostrado resiliência em tempos sombrios e com um valuation barato. O EBITDA da companhia subiu 11% no começo desse ano, segundo o BTG Pactual.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos