Bolsas

Câmbio

Acionistas da OSX querem ajudar Ministério Público em caso contra Eike Batista

SÃO PAULO - Alguns dos investidores que perderam dinheiro com a OSX Brasil (OSXB3), fundada por Eike Batista ainda guardam rancor com o executivo. E estes acionistas minoritários revoltados estariam ansiosos para que o ex-milionário seja denunciado na Operação Lava Jato. As informações são da revista Época.

De acordo com a publicação, estes investidores e stão dispostos a ser assistentes de acusação do Ministério Público em um possível processo contra a companhia, que é suspeita de pagar propina para fornecer duas plataformas à Petrobras.

Vale lembrar que na semana passada, uma outra empresa fundada por Eike, a ex-OGX chamou muita atenção na Bolsa com uma arrancada de mais de 100% em apenas três dias. O rali ocorreu com a informação de que a companhia retomou a produção do Campo de Tubarão Martelo, por meio da FPSO OSX-3. Após a disparada, porém, as ações perderam o ânimo e já caíram 18,67%, cotadas atualmente em R$ 5,62.

Apesar de ter perdido tudo com suas empresas nos últimos anos, Eike Batista ainda luta para reerguer seu império. Nos últimos dias, o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, afirmou que o executivo está de olho no mercado  de máquinas de caça-níqueis e cassinos. Ele já  esteve três vezes em Las Vegas este ano, de acordo com a publicação, e, em suas apresentações a investidores, diz que já mapeou cem áreas que poderiam receber cassinos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos