PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Empregos e carreiras

Sereia, instrutor de surfe para cães e lamentador: veja 10 profissões inusitadas

12/07/2016 15h22

SÃO PAULO – Você gostaria de ser uma sereia? Existem profissionais que prometem ensinar seus alunos a nadar e agir como uma. Sente falta de um carinho de vez em quando? Também é possível contratar alguém para suprir essa demanda.

O site Business Insider fez um compilado de algumas das profissões mais inusitadas que existem ao redor do mundo. Entre madrinhas de casamento profissionais e pessoas contratadas especialmente para chorar em enterros de desconhecidos, confira a seguir dez delas:

1. Madrinhas de casamento profissionais

Imagem para a matéria sobre os mandamentos da boa madrinha de casamento - Thinkstock - Thinkstock
Imagem: Thinkstock

A Bridesmaid for Hire é uma empresa que presta serviços de assistência pessoal para casamentos nos Estados Unidos. Mas além disso também existe uma oferta um pouco mais inusitada: os clientes podem contratar madrinhas de casamento “disfarçadas” para compor o altar.

Os valores dos pacotes variam entre US$ 300 e US$ 2.000 (cerca de R$ 986 a R$ 6.570, de acordo com a cotação do Banco Central de 8 de julho).

2. Movedor de iceberg

A maior parte do iceberg encontra-se abaixo d'água. A porção visível representa apenas cerca de 10% de seu tamanho total - Rafael Mosna/UOL - Rafael Mosna/UOL
Imagem: Rafael Mosna/UOL

Com o acidente do navio Titanic em 1912, a Patrulha Internacional do Gelo foi criada pela Guarda Costeira dos Estados Unidos.

O trabalho desses profissionais consiste em localizar icebergs e indicar rotas mais seguras para que o transporte marítimo passe por perto dos mesmos em segurança.

3. Lamentador profissional

funeral - Getty Images/Rich Legg - Getty Images/Rich Legg
Imagem: Getty Images/Rich Legg

Contratar uma pessoa para passar duas horas chorando em um enterro custa US$ 70 (cerca de R$ 230) através da Rent A Mourner, uma das empresas especializadas no serviço da Inglaterra.

4. Instrutor de surfe para cachorros

28.set.2015 - Dividindo a prancha com o dono, cão morde frisbee enquanto participa do 7º Concurso Anual de Surfe para Cachorros em Huntington Beach, na Califórnia, nos Estados Unidos). Também existiam modalidades para os animais surfarem em dupla ou sem a presença do dono - Frederic J. Brown/AFP - Frederic J. Brown/AFP
Imagem: Frederic J. Brown/AFP

Diversos resorts praianos oferecem aulas de surfe – e alguns deles estendem esse serviço aos animais de quatro patas que acompanham seus hóspedes.

5. Sereia profissional

Sereia - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Essas profissionais trabalham como animadoras de festa e ensinam clientes a nadar como sereias. Para festas, o preço médio é de US$ 300 por hora (R$ 986); mas pessoas que queiram se tornar sereias licenciadas pagam cerca de US$ 3.800 (R$ 12.500) por um treinamento de 5 dias à empresa Aqua Mermaid, de Montreal, no Canadá.

6. Fazedores de carinho

abraço, amigas, amigas abraçando, reconciliação - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Passar um tempo fazendo carinho em estranhos rende a alguns profissionais até US$ 80 por hora (ou R$ 260).

7. Avaliadores de hálito

homem sente seu hálito, mau hálito, halitose - Thinkstock - Thinkstock
Imagem: Thinkstock

Fabricantes de balas, chicletes, pastas de dente e enxaguantes bucais contratam pessoas para avaliar a efetividade de seus produtos voltados a melhorar odores bucais.

8. Provadores de comida de cachorro

cão; cachorro; comida; cão sentado à mesa - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Humanos provam ração de cachorro para avaliar a qualidade do produto, mas normalmente não engolem.

9. Determinadores de sexo de pintinhos

2.jul.2013 - Pintinhos ficam dentro de caixa em frigorífico em Moca, na República Dominicana - Ricardo Rojas/Reuters - Ricardo Rojas/Reuters
Imagem: Ricardo Rojas/Reuters

Essa profissão é considerada por alguns a mais difícil do mundo, já que as diferenças entre pintinhos machos e fêmeas são praticamente imperceptíveis. Mesmo assim, muitas fazendas precisam de pessoas para exercer essa função, e pagam até US$ 60.000 (R$ 197 mil) anuais.

10. Profissionais de fila

Filas e mais filas: no supermercado, na padaria, na sorveteria, na ducha da areia... é só olhar em volta para achar uma nova fila - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Nem todos têm paciência para passar horas esperando em filas, mas quem tem pode ganhar cerca de US$ 1.000 (R$ 3.290) por semana para fazer isso no lugar dos outros.

No Japão, jovens disputam no tabuleiro vagas de emprego

Reuters
PUBLICIDADE

Empregos e carreiras