Topo

Aplicação milagrosa? Especialista dá dicas para investidor fugir de ciladas

18/07/2016 11h39

SÃO PAULO – Muitas pessoas buscam uma “aplicação milagrosa” na hora de investir. E não é difícil achar milhões de propostas e ofertas que supostamente atendam a esses anseios. É muito fácil ouvir de um parente ou encontrar na internet um “excelente” investimento que rende 10% ao mês. No entanto, a economista e assessora de investimentos da Atlas Invest Carollyne Mariano alerta: normalmente esse tipo de aplicação é uma grande cilada ou envolve um risco muito maior do que o investidor está disposto a suportar.

“O investidor inteligente aplica com disciplina e pesquisa bastante antes de investir seu dinheiro, não cai nesse tipo de armadilha”, comenta. Para Carollyne, o mais importante é que o investidor tenha o hábito de poupar todo mês, comparar os investimentos, saber procurar opções fora do banco.

“É sempre possível encontrar taxas de investimento mais atrativas fora dos grandes bancos. Fundos DI, por exemplo, demandam pouca gestão e, por isso, dá para encontrar opções com baixa taxa de administração”, conta a economista. Outro conselho que ela dá é diversificar sempre muito bem os investimentos.

Além disso, é extremamente importante que o investidor faça uma alocação de risco que esteja de acordo com o que o investidor consiga suportar. Contar com um bom profissional que possa fazer uma assessoria adequada também é um caminho interessante para que a pessoa consiga fazer boas escolhas. E é claro, que é importante ficar de olho em propostas de investimento “milagrosas” também.

“É comum ouvir um cliente contar que um amigo ganhou 10% no dia na bolsa, ou então que uma amiga tem um investimento que rende muito todo mês. A grande questão é que se você ver um investimento com rentabilidade muito fora da curva, desconfie e caia fora”, atesta a assessora.

Mais Economia