Bolsas

Câmbio

9 hábitos que ajudam a enriquecer mesmo com um salário baixo

  • Shutterstock

SÃO PAULO – Enquanto uma boa herança ou cargo executivo podem colocar você entre os mais ricos, seus hábitos com dinheiro também podem fazer toda diferença entre uma vida de prosperidade e uma cheia de dores de cabeça financeiras. O site Business Insider conversou com o planejador financeiro David Blaylock, que listou nove hábitos para ajudar você a construir riqueza mesmo com um salário baixo.

1 – Mude seu pensamento

Todo mundo sabe: após pagar as contas, seu salário pode parecer um pouco magro demais. No entanto, para conseguir construir patrimônio é importante separar um dinheiro para poupar e o ideal é que isso seja feito antes das contas serem pagas. E é importante separar dinheiro para ficar guardado em todos os momentos.

2 – Saiba aonde você quer chegar

Como um atleta, tenha uma meta clara e objetiva. Assim, investir para o futuro fica muito mais simples. Outro conselho é fazer metas de investimento e patrimônio para o prazo de cinco anos e se esforçar o máximo possível para cumpri-la, seja essa meta ter um dinheiro reservado, ou ainda a compra de uma casa.

3 – Adote truques mentais pessoais

Você pode criar regras financeiras apenas para você mesmo. Por exemplo, se seu vício é em gastar seu dinheiro com cafés todo dia, tente reduzir a quantidade de vezes que faz isso. Se gasta muito com roupas, estabeleça um teto de gastos para não estourar em nenhuma hipótese.

4 – Viva como uma pessoa secretamente rica

Para alguns, a imagem de um milionário está associada a mansões e carros chiques. Mas a maioria dos milionários não vive assim. Eles vivem com menos do que ganham, poupando mais do que gastando. Um dos casos mais emblemáticos é o do empresário americano David Sapper, que vivia como uma pessoa "secretamente rica". Ele poupava quase 90% de sua renda, que era de US$ 500 mil por ano, para assim conseguir se aposentar cedo.

5 – Pense na aposentadoria agora

Se você tem 20 ou 30 anos, talvez a aposentadoria pareça longe demais e poupar para ela não soe como uma prioridade. É fácil entender: entre poupar para uma casa, ou para as férias, por que juntar para a aposentadoria? No entanto, quanto mais tarde você começar a se planejar para esse momento, mais dinheiro será necessário poupar para que isso seja possível.

6 – Saiba o que está para acontecer

A maior parte das pessoas tem boas intenções quando o assunto é investir. Mas se você não sabe o que está acontecendo na sua conta e o que vai acontecer, as chances são que você não saiba o quanto pode se dedicar para atingir suas metas. Saiba exatamente quais são suas despesas e para onde o seu dinheiro vai.

7 – Livre-se das dívidas

Todo mundo se endivida em algum momento. Mas se você tem dívidas, como com o cartão de crédito ou o cheque especial, o melhor é se livrar delas o quanto antes. Além disso, mantenha um fundo de emergência para garantir que você estará preparado para qualquer eventualidade que venha a acontecer em sua vida. O ideal é que esse dinheiro gire em torno de seis meses de despesas cobertas.

8 – Aumente suas receitas

Gastar menos certamente ajuda a ter uma vida financeira mais confortável. No entanto, aumentar as receitas também é uma boa solução, em especial diversificando as fontes de dinheiro. Isso pode ser feito, por exemplo, fazendo um serviço extra depois do expediente.

9 – Consulte um especialista

Consultar um especialista no assunto pode ser uma ótima ideia. Afinal de contas, alguém que entende bem finanças pode dar os melhores conselhos e sugestões tanto para seu orçamento quanto para seus investimentos. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos