PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

As 10 melhores cidades do mundo para se viver e trabalhar

20/09/2016 09h36

SÃO PAULO – Nos últimos anos, a ideia de sustentabilidade vem sendo mais usada e as pessoas pensam mais em um mundo que supra as necessidades humanas sem comprometer as futuras gerações. Dessa maneira, a consultoria Arcadis elencou as 10 cidades globais sob três pilares: pessoas, planeta e lucro. Que representam sustentabilidade social, ambiental e econômica para apontar um quadro da riqueza, qualidade de vida e estabilidade econômica das cidades, ou seja, os melhores locais para se viver e trabalhar.

A consultoria dividiu o estudo entre os pilares citados acima, para analisar as cidades dentro de cada categoria a fim de montar um padrão. No panorama geral foram avaliados: densidade demográfica, educação, renda, equilíbrio trabalho-vida, violência, saúde e acessibilidade no quesito "pessoa"; risco ambientais, energia, poluição, emissão de gases e saneamento básico na categoria "planeta" e infraestrutura de transportes, facilidade de fazer negócios, turismo, PIB per capita, importância da cidade em redes económicas globais, conectividade e as taxas de emprego no ranking de "lucros".

Para o ranking geral, a ideia é elencar as melhores cidades em todos os três pilares. Confira as 10 cidades mais bem colocadas da lista:

1.Zurique

2. Cidade de Singapura 

3.Estocolmo

4.Viena

5.Londres

6.Frankfurt

7.Seul

8.Hamburgo

9.Praga

10.Munique

As cidades brasileiras de São Paulo e Rio de Janeiro ficaram, respectivamente, em 79° e 82° lugar no ranking.

Dentro de cada pilar, a primeira cidade no quesito “pessoas” foi Seul, a vencedora no item “planeta” foi Zurique e no ranking de "lucro" foi a Cidade de Singapura, capital do país de mesmo nome.