Bolsas

Câmbio

Com 14% de aprovação, Temer é o 2º presidente com pior avaliação no continente americano

SÃO PAULO - Uma pesquisa recente divulgada pela empresa mexicana Consulta Mitofsky mostrou o presidente Michel Temer na penúltima posição de um ranking dos líderes mais bem avaliados no continente americano. Segundo o levantamento, o peemedebista teria apenas 14% de aprovação, superando apenas o presidente costarriquenho Luis Guillermo Solís, que aparece com 10% de avaliação positiva.

O ranking consistiu em uma compilação de pesquisas publicadas nos veículos de comunicação eletrônicos de diversos países. Portanto, vale a ressalva da diferença das metodologias dos institutos considerados e o nível de independência de alguns deles.

Na ponta dos líderes com "qualificação extraordinária" estão o presidente da República Dominicana, Danilo Medina -- reeleito em maio com 83% dos votos --, seguido pelo representante da Nicarágua, Daniel Ortega, com 67% de aprovação.

Em um segundo bloco, dos líderes com aprovação entre 64% e 55%, o destaque ficou com o equatoriano Rafael Correa, o guatemalteco Jimmy Morales e o peruano recém-eleito Pedro Pablo Kuczynski. Na mesma lista também aparece o canadense Justin Trudeau, com 55% de aprovação.

Na faixa de nível médio de popularidade, com percentuais de aprovação entre 54% e 40%, aparecem cinco líderes, com destaque para o hondurenho Juan Orlando Hernández e o estadunidense Barack Obama, ambos com 52% de aprovação. Na sequência, aparecem o panamenho Juan Carlos Varela, com 46%, e o argentino Mauricio Macri, com 43%.

No grupo de avaliações baixas, com percentuais de aprovação entre 39% e 20%, aparecem o colombiano Juan Manuel Santos, o uruguaio Tabaré Vázquez, ambos com 30% de popularidade. Na sequência, o mexicano Enrique Peña Nieto e o boliviano Evo Morales, aparecem empatados com 29%. Com menor aprovação, o paraguaio Horacio Cartes (23%), a chilena Michelle Bachelet (22%) e o venezuelano Nicolás Maduro (21%) completam o grupo.

Michel Temer e Luis Guillermo Solís são os únicos líderes que fazem parte do último grupo, com avaliações consideradas muito baixas.

Em seu ranking, a consultoria mexicana destacou ter visto uma forte queda na aprovação média de todos os líderes americanos, sobretudo na porção sul do continente, que ofuscou o aumento de popularidade dos governantes da porção norte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos