Bolsas

Câmbio

Viajantes preferem pagar mais caro em passagens aéreas a enfrentar voos longos

SÃO PAULO – Os viajantes estão dispostos a pagar mais caro pelas passagens aéreas, contanto que cheguem mais rápido nos destinos, apontou um levantamento realizado pelo portal Skyscanner. Eles pagam, em média, US$ 8 por hora economizada para chegar mais rápido a seu destino.

Por outro lado, se as viagens forem mais curtas, com duração menor de sete dias, os passageiros estão dispostos a pagar um valor adicional, entre US$ 1 e US$ 2 por hora, por voos mais curtos. Além da duração da viagem, o levantamento também apontou que a popularidade da rota e o número de companhias aéreas cobrindo a rota são fatores que influenciam o valor que os passageiros estão dispostos a pagar para tornar o voo mais curto.

Entre as 10 rotas globais mais populares que não possuem voos diretos está, por exemplo, o trajeto Boston-Rio de Janeiro, que possui pelo menos uma escala. Para essa rota, os passageiros estão dispostos a pagar cerca de US$ 18 (aproximadamente R$ 58) para cada hora a menos na duração da viagem.

Para realizar o levantamento, o Skyscanner analisou as 100 rotas de voos de longa duração (distância entre 6 mil e 11 mil quilômetros) mais populares do mundo e os preços pagos pelos passageiros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos