Bolsas

Câmbio

Santander Corretora eleva recomendação e preço-alvo para papel

SÃO PAULO – Os analistas da Santander Corretora elaboraram relatório em que elevaram sua recomendação para os papéis da BM&FBovespa (BVMF3) do patamar neutro para o de compra subiram seu preço-alvo de R$ 17,00 para R$ 20,00, o que totaliza um potencial de valorização de 19,4% em relação ao fechamento do dia 14 de novembro de 2016.

Para a instituição financeira, a expectativa é de um desfecho positivo para a fusão proposta com a Cetip e, além disso, a companhia ainda parece ser uma boa maneira de estar exposto em uma companhia que pode potencialmente monopolizar o mercado de ações, derivativos e renda fixa na maior economia da América Latina.

Adicionalmente, a recente correção do papel, que caiu forte em novembro, pode trazer um ponto de entrada interessante, comenta a Santander Corretora. Os analistas acreditam que as ações podem voltar a superar a barreira dos R$ 20,00 e que, cedo ou tarde, os investidores vão ficar mais otimistas com o Brasil.

Uma vez que o processo de desalavancagem da BM&FBovespa se encerre, ela será um dos melhores veículos para aproveitar um eventual fortalecimento da economia e mercado brasileiros, sugere a instituição financeira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos