PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

BrMalls tem queda de quase 2% após anunciar venda de shoppings por R$ 696,4 mi

31/07/2019 14h42

Na tarde desta quarta-feira as ações da BR Malls (SA:BRML3) são negociadas com forte queda de 2,17% a R$ 14,88 na bolsa paulista. A companhia informou que vendeu sua participação integral nos shoppings Ilha Plaza, Casa&Gourmet Shopping, Shopping Plaza Macaé, Londrina Norte Shopping, Osasco Plaza Shopping, Shopping Contagem e Capim Dourado, para o Fundo de Investimento Imobiliário BTG Pactual (SA:BPAC11) Shoppings, pelo total de R$ 696,4 milhões.

De acordo com a companhia, a transação faz parte da revisão estratégica de portfólio da iniciada em 2017, que considerando a escala relevante e diversidade dos seus ativos. Com isso, decidiu concentrar seu foco de atuação, priorizando shoppings de maior porte, dominantes e em mercados de grande potencial de consumo.

Nos referidos acordos de alienação foi estruturada operação, objetivando a obtenção de recursos pelo Fundo e o consequente recebimento do valor total da alienação à vista pela companhia.

Em decorrência da Operação Estruturada foi necessária a estipulação de condições precedentes para a liquidação financeira da alienação dos shoppings, sendo que, caso as mesmas não sejam implementadas em até 30 dias, está prevista a resolução dos acordos de alienação.

O valor da alienação poderá ser acrescido de um pagamento adicional baseado na performance (NOI competência) dos ativos. O desempenho será apurado no exercício findo em 31 de dezembro de 2019, e, no caso de o NOI competência atingir o patamar estipulado, haverá pagamento adicional de até R$ 22,4 milhões.

Após a liquidação financeira da alienação dos shoppings, a brMalls possui a intenção de distribuir o valor integral aos seus acionistas, o que significa esperar dividendos extraordinários 5,4% desta venda de ativos, enquanto a alavancagem deve permanecer abaixo de 3x ND/Ebitda.

Para o BTG Pactual, do ponto de vista estratégico, o acordo reforça o compromisso da empresa de reciclar seu portfólio, enquanto se concentra nos ativos maiores (mais dominantes) e naqueles em que tem controle e administração.

Aquisição

A brMalls também anunciou a compra de uma participação adicional de 25,5% no shopping Iguatemi (SA:IGTA3) Caxias (após esse negócio, passa a deter 71,0% desse ativo). A companhia pagou R$ 84,4 milhões (em dinheiro) pelos 7.733 m2 de GLA adquiridos (cerca de R$ 10.900 /m2), o que significa um cap rate de entrada de 8,2% para 2019E. Além disso, uma participação de 8,4% no Iguatemi Caxias foi vendida pela Iguatemi (que foi totalmente alienada da Iguatemi Caxias), e deverá receber R$ 27,8 milhões pela venda de sua participação para a BR Malls (SA:BRML3).