IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Duratex opera em alta após registrar lucro de R$ 69,4 milhões

01/08/2019 11h33

A Duratex (SA:DTEX3) obteve no segundo trimestre de 2019 um lucro líquido recorrente de R$ 69,480 milhões, sendo que no mesmo período do ano passado o resultado havia sido de R$ 27,498 milhões, o que representa alta de 152,7%. Com isso, as ações da companhia são negociadas com alta de 0,56% a R$ 12,64.

Já a receita líquida consolidada foi de R$ 1,144 bilhão entre abril e junho deste ano, uma leve queda de 2,0% na comparação com os R$ 1,167 bilhão de um ano antes. Na abertura do ano, o resultado foi de R$ 1,072 bilhão.

Desta forma, o Ebtida registrado foi de R$ 286,920 milhões, com margem de 25,1%, contra R$ 505,521 milhões de um ano antes e margem de 43,0%, o que representa queda de 42,8% e variação negativa de 17,9 pontos para a margem.

A Coinvalores destaca que os números da companhia foram afetados por efeitos extraordinários, que se referem à reestruturação da Deca, ao ajuste fiscal referente a exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/COFINS, a venda de terras para Suzano (SA:SUZB3) e venda de unidade para Eucatex (SA:EUCA4).

Já pra a Mirae Asset, o resultado ficou em linha com o esperado pelo mercado, mas a surpresa positiva foi a melhora na demanda e nas margens operacionais da divisão madeira/divisórias. A corretora é otimista com esse setor e espera aumento de demanda e de revisão de target price para patamar superior ao longo dos próximos meses, principalmente quando se confira a retomada da economia.

Economia