IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Guerra Cambial: EUA contra-atacam e definem China como manipuladora de moedas

05/08/2019 19h46

Os Estados Unidos não esperaram para contra-atacar a China em nova etapa da guerra comercial entre os dois países.

No final desta segunda-feira (5), o Tesouro dos EUA informou que classificou o gigante asiático como país manipulador de moedas e afirmou que vai trabalhar com o FMI para impedir a 'competição injusta' de Pequim.

A resposta dos EUA veio após a China desvalorizar o iuan para o menor nível em mais de 10 anos, acima dos 7 iuanes por dólar. A decisão chinesa veio como retaliação anúncio por Trump de imposição de tarifa de 10% sobre US$ 300 bilhões em importações de Pequim.

A notícia derrubou os futuros dos EUA, que operam com perdas de mais de 1% em NY.

Após um dia de fortes perdas no Dow, o futuro do índice cede 1% no after market, para 25.250 pontos.

O S&P futuros recua 0,9% para 2.798 pontos, enquanto os futuros do Nasdaq recuam 1% para 7.299 pontos.

O iuan chinês opera a 7,051 por dólar.

Economia