IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Marcopolo dispara quase 7% após ver lucro líquido saltar 290% no trimestre

06/08/2019 11h36

Na parte final da manhã desta terça-feira na bolsa paulista, as ações da Marcopolo (SA:POMO4) operam com forte valorização de 6,83% a R$ 3,91. A companhia reportou que encerrou o segundo trimestre do ano com lucro líquido de R$ 90,9 milhões, superando assim os R$ 23,3 milhões do mesmo período do ano passado, o que representa um salto de 290,1%. Assim, no acumulado do ano o resultado é de R$ 117,9 milhões, alta de 117,1% contra os R$ 54,3 milhões do primeiro semestre anterior.

Os números foram consequência de uma receita líquida de R$ 1,141 bilhão, que foi 4,6% maior do que os R$ 1,091 bilhão de um ano antes, puxando pelo crescimento de 80,5% nas receitas internas, que compensaram a queda de 52,2% nas exportações. No acumulado do ano, as receitas têm ganhos de 9,9%, para R$ 2,040 bilhões.

Desta forma, o Ebitda da companhia entre abril e junho foi de R$ 105,5 milhões, queda de 2% ante os R$ 107,7 milhões de um ano antes. Já a margem Ebitda variou de 9,9% de um ano atrás para 9,2% no período encerrado ao final de junho.

A Mirae Asset avalia que, no geral o resultado foi mais fraco, decorrente da pior do mix e da queda nas exportações, o que acabou prejudicando a margem operacional da empresa. A equipe se mostra otimista com o setor e com a empresa, mas apenas olhando o ano de 2020, quando espera que a economia esteja mais forte e que ocorra mais confiança dos empresários/maiores encomendas. Recomendação de compra, mas somente com visão de longo prazo.

Mais Economia