IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Futuros do minério de ferro caem 5,37% com tensão comercial entre EUA e China

07/08/2019 07h51

Pelo quinto dia consecutivo, a sessão desta quarta-feira foi mais uma vez marcada pela forte desvalorização dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento em janeiro do próximo ano, as perdas foram de 5,37% a 660,50 iuanes para cada tonelada, o que representa uma variação diária de 37,50 iuanes.

No mesmo sentido, as transações com o vergalhão de aço na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai, tiveram perdas na jornada desta quarta-feira. O papel mais negociado, com entrega em outubro do atual calendário, cedeu 33 iuanes para 3.711 iuanes por tonelada. Já o de janeiro do ano que vem, segundo em liquidez, perdeu 21 iuanes para 3.500 iuanes por tonelada.

Os índices acionários chineses fecharam em baixa nesta quarta-feira, na sexta sessão seguida de perdas, em meio a persistentes preocupações sobre uma intensificação das tensões comerciais entre China e Estados Unidos.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, minimizou temores de uma guerra comercial prolongada com a China na terça-feira, apesar de um alerta do governo chinês de que classificar o país como manipulador cambial terá consequências severas para a ordem financeira global.

Mais Economia