IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira

08/08/2019 08h38

Confira as cinco principais notícias desta quinta-feira, 8 de agosto, sobre os mercados financeiros:
1. Exportações da China mostram sinais encorajadores
As exportações da China registraram um surpreendente crescimento em julho, enquanto as importações caíram menos do que o esperado.
O aumento de 3,3% nas exportações foi o maior desde março, embora os economistas tenham advertido que esse resultado pode ser de curta duração se Washington seguir com as tarifas adicionais sobre os produtos chineses em setembro.
As importações mostraram fraqueza com um declínio de 5,6% que, no entanto, foi inferior ao que o consenso temia.
Juntamente com dados comerciais melhores do que o esperado da China, Pequim fixou o iuan na quinta-feira em um nível mais sólido do que as previsões compiladas pela Bloomberg e Reuters, apesar de estar acima de 7 por dólar pela primeira vez desde a crise financeira global de 2008.
2. Mercados retornam à calma após susto
Uma recuperação impressionante em Wall Street após um breve pânico no dia anterior impulsionou as ações globais nesta quinta-feira.
Os dados positivos sobre o comércio chinês pareceram acalmar ainda mais os investidores que venderam ativos portos-seguros - como os títulos do Tesouro dos EUA, o ouro e o iene - e retornaram às ações.
As ações asiáticas encerraram a sessão em alta, enquanto as ações europeias avançavam perto do pregão do meio-dia na região.
Os futuros dos EUA apontavam para uma abertura em alta antes de vários balanços e a publicação de pedidos semanais de seguro-desemprego.
3. Uber (NYSE:UBER) deve divulgar dados após números positivos de Lyft (NASDAQ:LYFT)
A Lyft (NASDAQ:LYFT) nivelou por cima os ganhos trimestrais para as empresas de transporte privado urbano, uma vez que a Uber (NYSE:UBER) se prepara para publicar dados após o fechamento do mercado.
A receita trimestral da Lyft bateu o consenso e sua perda líquida diminuiu substancialmente à medida que a guerra de preços com a Uber diminuiu, permitindo que aumentasse sua orientação anual.
As ações da Lyft subiram 6% no pré-mercado, enquanto a Uber subiu quase 5%.
Em meio a outras empresas no calendário de resultados, a Kraft Heinz (NASDAQ:KHC) e a Viacom (NASDAQ:VIAB) divulgarão números trimestrais antes da abertura do pregão, enquanto a Dropbox (NASDAQ:NASDAQ:DBX) e a News Corp (NASDAQ:NWSA) se unirão à Uber após o fechamento.
4. Netflix (NASDAQ:NFLX) fica com os criadores de Game of Thrones; Microsoft (NASDAQ:MSFT) e Samsung namoram
Fora dos resultados nas notícias sobre empresas, a Netflix venceu a Walt Disney (NYSE:DIS) e a Amazon (NASDAQ:NASDAQ:AMZN) em uma guerra de lances para fechar um contrato de vários anos com os criadores de Game of Thrones, David Benioff e Dan Weiss, de acordo com relatos da mídia.
O Hollywood Reporter disse que o acordo foi avaliado em US$ 200 milhões.
O CEO da Microsoft (NASDAQ:MSFT), Satya Nadella, apareceu como um convidado surpresa no lançamento do Galaxy Note 10 da Samsung, anunciando novos recursos que permitem que os aplicativos móveis do Android sincronizem com os PCs com Windows.
5. Petróleo se recupera de baixas de 7 meses com movimento saudita para sustentar os preços
O petróleo se recuperou de seu nível mais baixo em quase sete meses, já que a Arábia Saudita supostamente contatou outros produtores para discutir ações para impedir uma queda nos preços.
Com os preços do petróleo caindo mais de 10% este mês devido aos temores de que o conflito comercial entre os EUA e a China prejudique a demanda global, a Bloomberg citou um funcionário saudita que afirmou que o líder da OPEP não tolerará a contínua queda dos preços e está considerando todas as opções.
- A Reuters contribuiu para esta matéria.

Economia