IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Energisa em alta mesmo com prejuízo de R$ 8,9 mi após aquisições de distribuidoras

09/08/2019 12h28

A Energisa (SA:ENGI4) opera na parte final da manhã desta sexta-feira na bolsa paulista com leve alta de 0,32% a R$ 50,56. A companhia registrou um prejuízo líquido de R$ 8,9 milhões no segundo trimestre, ante lucro de R$ 103,4 milhões no mesmo período de 2018, em um resultado impactado pela aquisição das distribuidoras da Eletrobras (SA:ELET3) no Norte do país, Ceron e Eletroacre, entre outros efeitos.

A empresa afirmou que, desconsiderando efeitos extraordinários e de compra da Ceron e Eletroacre —distribuidoras em situação financeira complicada—, teria tido lucro de R$ 316,4 milhões.

Em 30 de agosto de 2018, a Energisa adquiriu, em leilão de privatização o controle acionário da Ceron, em Rondônia, e Eletroacre, passando a deter 11 concessões de distribuição no país.

A empresa informou também que o resultado líquido foi afetado pelo registro contábil da marcação a mercado do bônus de subscrição atrelado à 7ª emissão da Energisa S/A no valor de 194 milhões de reais.

A Coinvalores destaca que, apesar do resultado negativo, os dados operacionais da companhia foram bons. Os analistas destacam o crescimento da demanda por energia e os reajustes tarifários, bem como iniciativas adotadas para ganho de eficiência, que renderam bons frutos.

Ponto positivo para o avanço de quase 40% no EBITDA, com a margem saindo de 19% para 22% em um ano. Efeitos não recorrentes, pressionaram o desempenho final. Junto ao balanço a elétrica anunciou a distribuição de dividendos de R$ 0,28 por unit em 23 de agosto, com data ex na próxima quarta-feira (14/08). O yield é da operação é de 0,6%.

Mais Economia