IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Blau Farmacêutica deve deixar IPO para o próximo ano, diz jornal

13/08/2019 09h12

Depois de tentar sem sucesso realizar uma oferta pública de ações em 2018, a Blau Farmacêutica ainda não desistiu da ideia de ir á bolsa, mas os planos devem ser adiados para o próximo ano. De acordo com a edição desta terça-feira da Coluna do Broad, do jornal O Estado de S.Paulo, a dona da Preserv quer primeiro preparar o terreno antes da nova ofensiva.

Para isso, a companhia estuda realizar aquisições para ficar mais forte e, para isso, não vê a necessidade de captar recursos, uma vez que possui linha de créditos de baixo custo junto aos bancos.

A Blau teve nos seis primeiros meses de 2019 receita de R$ 490 milhões e lucro de R$ 91 milhões, um avanço de 46,6% e 142% ante mesmo intervalo do ano anterior, respectivamente.

Tentativa fracassada

Em novembro de 2017, a Blau Farmacêutica fez pedido para registro de oferta pública para venda de novas ações e papéis detidos por seus controladores, em plano para expandir operações no Brasil e no exterior, incluindo aquisições.

Em janeiro de 2018, a companhia definiu a faixa de preços da sua oferta inicial de ações (IPO) entre 13 reais e 17 reais, com a precificação da oferta prevista para 7 de fevereiro.

A oferta poderia movimentar até 977,5 milhões de reais, caso tivessem sido colocadas todas as 50 milhões de ações na oferta primária, cujos recursos iriam para o caixa da empresa, e as 7,5 milhões de ações da oferta secundária, que implica na venda de ações dos atuais acionistas.

No entanto, com a baixa procura e o momento incerto que vivia o país na época fez com que a empresa desistisse de seu IPO, na espera por um momento mais apropriado, que, inicialmente, seria neste ano.

Mais Economia