IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Randon lucra 168% mais no trimestre e vê ações subirem mais de 3%

14/08/2019 11h43

As ações da Randon (SA:RAPT4) são negociadas com importante valorização de 3,72% a R$ 10,31 na parte da manhã desta quarta-feira na bolsa paulista. A companhia reportou resultado líquido consolidado de R$ 84,5 milhões, sendo que um ano antes foi de R$ 31,4 milhões, o que representa uma alta de 168,9%. Nos três primeiros meses de 2019, o resultado foi de R$ 31,7 milhões.

De acordo com a companhia, o resultado líquido foi beneficiado pelo ajuste da correção monetária da mais valia de intangível e ágio dos ativos das controladas situadas na Argentina (R$ 12,9 milhões).

A receita líquida consolidada registrou, entre abril e junho um total de R$ 1,302 bilhão, ante os R$ 1,018 bilhão de um ano atrás e dos R$ 1,133 milhões do período entre janeiro e março deste ano.

Com isso, o Ebitda da companhia foi R$ 126,3 milhões no segundo trimestre de 2018 para R$ 203,7 milhões neste ano. Desta forma, a margem Ebitda variou, em 12 meses, de 12,4% para 15,6%.

Para a Mirae Asset, o resultado ficou acima da expectativa surpreendeu positivamente. Os analistas esperam uma melhora ainda maior nas vendas principalmente em 2020, com a recuperação da economia. O cenário de juros e inflação baixas impactam positivamente na empresa. Com isso, esperam a revisão de preço justo para patamar superior.

Mais Economia