PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Bitcoin sai do pico de US$ 11.000; conversas sobre IPO animam setor

20/08/2019 14h35

O Bitcoin perdia força na terça-feira, depois de cair bem abaixo do nível psicológico de US$ 11 mil, com as moedas digitais sendo negociadas em baixa.

Embora não mova o mercado, as manchetes do setor estavam concentradas na oferta pública inicial planejada pela startup INX Limited.

As dez maiores moedas digitais ficaram todas no vermelho e o total capitalização do mercado de criptomoedas caía para US$ 279,61 bilhões às 11h15, em comparação com US$ 285,56 bilhões de um dia antes.

O bitcoin, a maior criptomoeda por valor de mercado, caía apenas 0,3%, para US$ 10.672, no índice Investing.com, caindo depois de chegar a US$ 10.941,6, antes de pôr fim à sua recente recuperação.

Alguns analistas disseram que a recente alta para US$ 11 mil foi apoiada pelo anúncio de sexta-feira de que a bolsa de Bakkt lançará futuros de bitcoins liquidados fisicamente em 23 de setembro, sugerindo que isso aumentaria a aceitação da moeda digital.

Enquanto isso, a INX Limited ficou em destaque após planos de levantar US$ 129,5 milhões por meio de um IPO, informou a CoinDesk citando um prospecto arquivado na Securities and Exchange Commission dos Estados Unidos na segunda-feira.

Seria a primeira venda de token de segurança registrada na SEC e também seria um dos pouquíssimas IPOs completos na indústria de blockchain, segundo o artigo.

Em outras notícias da bolsa, a Suprema Corte do Estado de Nova York determinou que a Procuradoria Geral de Nova York tem jurisdição sobre a troca de criptomoedas Bitfinex.

A Bitfinex tentou bloquear uma moção da NYAG para processar a bolsa na lei de Nova York sobre as alegações de que a empresa, juntamente com a Tether, encobriu uma perda de US$ 850 milhões, enganando os investidores.

Em outras transações com criptomoeda, o ethereum perdia 2,0%, para US$ 196,45, às 11h20, o XRP caía 3,5%, para US$ 0,2749, enquanto o litecoin caía 4,0%, para US$ 74,883.