PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

China responde com novas taxas sobre produtos americanos; Futuros caem em Wall St.

23/08/2019 09h45

A China anunciou na manhã desta sexta-feira (23) novas sobretaxas a produtos americanos a partir de 1º setembro como retaliação comercial aos EUA. É o novo capítulo da disputa comercial sino-americano. As novas sobretaxas chinesas é resposta à promessa do presidente dos EUA Donald Trump de impor uma alíquota de 10% sobre US$ 300 bilhões de mercadorias chinesas que ainda não haviam sobretaxados também em 1º de setembro.

Parte das novas taxas de produtos chineses - como notebooks e smartphones - foram adiadas para dezembro pelo governo americano. Segundo Trump, foi uma medida para não prejudicar as vendas de Natal no país. Mesmo assim, alguns produtos chineses vão ter novas alíquotas a partir de setembro.

O governo chinês vai impor uma sobretaxa de 5% na soja importada dos EUA. No caso do petróleo americano, a taxa será de 10%. Automóveis e autopeças também são alvo da retaliação comercial chinesa contra os americanos, mas sem revelar o tamanho da alíquota. Editorial do jornal Global Times, de Pequim, antecipou a retaliação chinesa durante a madrugada.