PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Wiz recua após Caixa Seguridade adiar prazo para envio de propostas não-vinculante

26/08/2019 11h44

Na parte da manhã desta segunda-feira na bolsa paulista, as ações da Wiz (SA:WIZS3) são negociadas com queda de 3,04% a R$ 11,14. No domingo, a Coluna do Broad do jornal O Estado de S.Paulo informou que a Caixa Seguridade adiou o prazo para o envio das propostas não-vinculantes para os negócios de seguros da Caixa Econômica Federal. Os interessados têm até o dia 3 de setembro para apresentação dos lances, e a Wiz é uma das interessadas no negócio.

Os segmentos que são ofertados pela Caixa Seguridade são os de assistência, automóvel, capitalização, consórcio, saúde, odontologia, grandes riscos, habitacional e residencial.

A publicação destaca que o processo estava dividido, até então, em duas fases, sendo que a primeira delas com data de encerramento na última sexta-feira (23) e a segunda no dia 27 de agosto. Com isso, os interessados em atuar no balcão terão mais tempo para a apresentação das propostas. Depois disso, o banco irá selecionar quatro players para a segunda fase.

Com o prazo mais longo, os planos para a venda do balcão de seguros do banco também devem ser adiados. A Caixa foi questionada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e decidiu prolongar o processo de venda de ativos.

Diante disso, o jornal informa que o IPO da Caixa Seguridade deve mesmo ficar para 2020, mas o banco ainda trabalha para conseguir realizar a oferta de ações ainda neste ano.