PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Disputa com HDI fez Allianz pagar R$ 3 bi por divisão de automóveis da SulAmérica

30/08/2019 10h25

Na semana passada, a Allianz (DE:ALVG) fechou a compra operação de automóveis e ramos elementares da SulAmérica (SA:SULA11) por um total de R$ 3 bilhões. O valor elevado pago pela seguradora alemã foi estimulado por uma disputa com sua concorrente HDI, que chegou a oferecer antes a mesma cifra pelo negócio. As informações constam da edição da Coluna do Broad, desta sexta-feira, do Estadão.

A publicação informa que a Allianz (DE:ALVG), mesmo negociando em valores menores, tinha o direito de exclusividade com a SulAmérica (SA:SULA11). Com isso, teve o direito de acompanhar a proposta apresentada por sua concorrente, podendo arrematar as operações ao final das conversas.

O valor da transação foi fixado com base em um patrimônio líquido de R$ 700 milhões na recém-formada companhia a ser estruturada especificamente para o propósito da operação.

O interesse do Grupo Allianz (DE:ALVG) nos negócios de automóveis e ramos elementares da SulAmérica (SA:SULA11) "evidencia a qualidade das nossas operações, dos nossos resultados alcançados", disse a SulAmérica no comunicado que divulgou o fechamento do acordo.

No começo de julho, a SulAmérica (SA:SULA11) informou que recebeu a oferta da Allianz (DE:ALVG) para a aquisição de sua operação de Automóveis e Ramos Elementares, sem divulgar os valores da operação.

Com isso, a companhia passa se concentrar de suas operações nos segmentos de Saúde, Odontologia, Vida, Previdência e Gestão de Ativos.

Em meados de maio, a Sul América (SA:SULA11) já havia vendido sua participação equivalente a 24,5% da CaixaCap, para o Grupo Icatu, que já é acionista da empresa, por valor inicial de R$ 100 milhões. O montante pode incluir um adicional de até R$ 83 milhões.