PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Futuros do minério de ferro sobem 1,79% na bolsa de Dalian

09/09/2019 08h36

Depois da expressiva queda registrada na última sexta-feira, a semana começa com avanço para os contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de negócios, para o primeiro mês do próximo ano, fechou negociado a 655,50 iuanes a tonelada, alta de 1,79% sobre o preço de liquidação da sessão anterior a 644,00 iuanes/t, o que representa variação diária de 11,50 iuanes.

No caso do vergalhão de aço, a segunda-feira começa com ganhos para os principais papéis futuros, que são transacionados na bolsa de mercadorias da também cidade chinesa de Xangai. O contrato de maior liquidez, de janeiro de 2020, somou 77 iuanes para 3.497 iuanes por tonelada. Já o de outubro de 2019, segundo mais negociado, avançou 52 iuanes para 3.804 iuanes por tonelada.

Agosto

As importações chinesas de minério de ferro voltaram a subir em agosto, atingindo o nível mais alto em 19 meses, mostraram dados alfandegários no domingo, impulsionadas pela recuperação da oferta de grandes mineradoras e usinas que reabastecem estoques à medida que a demanda se estabiliza.

As chegadas da matéria-prima siderúrgica totalizaram 94,85 milhões de toneladas no mês passado, um aumento de 4,2% em relação aos 91,02 milhões de toneladas em julho, marcando o nível mais alto de importações desde janeiro de 2018.

Nos primeiros oito meses de 2019, as importações chinesas de minério de ferro atingiram 684,9 milhões de toneladas, ante 710 milhões de toneladas no mesmo período do ano passado.

"As condições para os embarques em agosto para a China ficaram estáveis à medida que as grandes mineradoras retomaram a produção", disse Zhao Xiaobo, analista da Sinosteel Futures, antes da divulgação dos dados.