PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Futuros do minério de ferro avançam na bolsa chinesa de Dalian

27/09/2019 08h56

A jornada desta sexta-feira foi marcada por valorização para os contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de negócios, com vencimento em janeiro no próximo ano, fechou a 642,50 iuanes por tonelada, o que significa um ganho de 1,58% em relação ao valor de liquidação da véspera, 632,50 iuanes/t. O resultado representa uma variação diária de 10 iuanes.

No caso dos papéis futuros do vergalhão de aço, o fechamento da semana foi marcado por queda nas transações na bolsa de mercadorias e futuros de Xangai, também na China. O contrato com maior liquidez, com entrega para janeiro de 2020, cedeu 37 iuanes para 3.270 iuanes por tonelada, enquanto que o de maio do mesmo ano, segundo mais negociado, perdeu 38 iuanes para 3.250 iuanes/t.

As ações da China subiram na sexta-feira, mas registraram sua maior perda semanal desde o início de agosto devido às incertezas comerciais e à desaceleração do crescimento, antes de um feriado de uma semana.

Os lucros das empresas industriais da China recuaram em agosto, revertendo o breve ganho do mês anterior, com a fraca demanda doméstica e a guerra comercial com os Estados Unidos pesando nos balanços das empresas.

"Dados os fortes ventos contrários ao crescimento e as tensões comerciais EUA-China, esperamos que a economia piore antes de melhorar e acreditamos que Pequim provavelmente aumentará seu estímulo político", disseram analistas da Nomura em nota.

A China disse na quinta-feira que está em estreita comunicação com os Estados Unidos durante as negociações comerciais, enquanto um alto diplomata disse que Pequim está disposto a comprar mais produtos dos EUA.

Mas sinais mistos de Washington e Pequim não foram úteis para aumentar o apetite ao risco antes do feriado de uma semana do Dia Nacional.

*Com Reuters